BIOGRAFIA

Foto: Acácio Nascimento
Francis Lopes, piauiense de Santo Inácio do Piauí, nasceu na localidade Patos, hoje pertence ao município de Floresta do Piauí. É filho de seu Pedro Lopes e dona Mariana e o quinto filho de uma família de nove irmãos.

Em 1981, seus pais mudaram-se para a cidade de Simplício Mendes com toda família, onde moram até hoje. 

Em 1986 começou sua trajetória musical em Simplício Mendes participando de shows de calouros.


No início de 1990 rumou-se para São Paulo em busca da realização do sonho de gravar um disco. Veio pra casa do amigo Lúcio Flávio na Vila Califórnia. Passou por várias dificuldades e terminou trabalhando numa padaria e logo depois numa loja de confecções no Largo da Concórdia no bairro do Bráz. O dono da loja, um conterrâneo chamado Javan, lhe emprestou uma parte da grana e ele conseguiu gravar seu 1º disco.

Só no início de 1998, Francis Lopes decide de vez morar em São Paulo. Gravou seu CD vol. 4 intitulado “O garotinho quente do forró” com a música “Lamento de um Nordestino”, de sua autoria. O hit’s começou a cair no gosto popular e seu trabalho despertou à atenção das gravadoras, empresários e donos de casas de shows. Logo em seguida a mesma foi regravada pelo cantor Zé Ramalho, causando assim, uma repercussão muito boa para sua carreira.
Foto: Acácio Nascimento

No final de 1999, escreve uma carta para seus pais relatando as dificuldades na terra da garoa, em seguida musicou-a e inseriu no seu CD volume 5, “O garotinho quente do forró II” que lhe rendeu vendagem acima de 200 mil cópias. De lá pra cá, Francis sempre grava um CD a cada ano.

Seus principais sucessos são: “A Carta” e “Lamento de um Nordestino”, ambos de sua autoria. Músicas que falam da dor e da saudade que sente da família. Sempre que canta, as pessoas se emocionam e choram relembrando seus familiares e sua terra natal.
Além de se destacar com suas próprias composições, tem músicas gravadas por vários artistas do Brasil e até internacional, entre eles: Zé Ramalho, Frank Aguiar, Acácio, Sandro Lúcio, Paulynho Paixão, Marcelo Dantas, Banda Domínio e uma das cantoras mais famosas em Portugal e em grande parte da América Latina, Ana Malhoa.

Hoje conta com sua própria estrutura de escritório de shows, estúdio de gravação, editora musical e a sede de um fã clube central que tem aproximadamente 30 mil pessoas cadastradas com carteirinhas personalizadas. Conta também com ônibus próprio para fazer seus shows, uma carreta de som no nordeste, um mini-trio e vários carros envelopados com a sua marca, divulgando seu trabalho em grande parte do Brasil.

Fonte: Wikipédia

@francislopesguerreiro

Blogs Parceiros

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *